10 de março de 2017

Como escolher uma impressora para home office

atualizado em 10 de março de 2017 às 12:56

Cartuchos, Dicas, Impressora Sem comentários

Impressoras são equipamentos que precisam de bastante atenção para: primeiro, atender corretamente à demanda; segundo, não gerar qualquer ônus para a quem o possui. Essa premissa pode ser adotada tanto para o consumidor doméstico, quando para as empresas. Só que existe um cliente bem específico neste meio termo, o de home office.

Você já viu aqui “Como escolher uma impressora para minha empresa” e aprendeu que existe critérios importantes para se escolher um equipamento de impressão dependendo do tamanho de sua companhia.

A demanda é grande e o uso da impressora é maior do que o usuário doméstico; ao mesmo tempo, não é necessário ter um parque de impressões e grande volume de insumos por mês. O equilíbrio entre custo e benefício começa na escolha do equipamento certo para o modelo de impressora do seu home office e você verá aqui qual é a configuração ideal.

somteimewaitinfor

Impressora para home office segundo o volume de impressão

Geralmente é a primeira coisa a se analisar: quanto de impressão minha empresa home office precisa? Se você não sabe essa pergunta, pare o processo de aquisição e faça de tudo para respondê-la. Se ainda não tem como saber, vale a pena fazer um período de teste, para então ter uma ideia mais precisa.

O volume de impressão significa, literalmente, quantas impressões você fará por período (vamos trabalhar com o período mensal para poder se encaixar nos outros custos da empresa). E, para isso, todas as impressoras mostram qual sua capacidade máxima de impressão e sua autonomia. É importante que a sua impressora tenha autonomia de acordo com a sua necessidade, pois isso fará que a sua produção mensal seja atendida com mais perfeição pelo equipamento. A discrepância entre a autonomia e a necessidade real pode gerar outras questões como necessidade de manutenção.

salcmvboen

Lembre-se que há um fator determinante nesta escolha: se a impressão será colorida ou preto e branco. O consumo de tinta das impressoras altera consideravelmente quanto se muda a impressão.

Impressoras multifuncionais podem ser perfeitas para o home office

Trabalhos em home office significa, geralmente, conseguir realizar o máximo de trabalho com o mínimo de custo. Isso não é uma regra, mas norteia muitas empresas neste formato. Por isso as impressoras multifuncionais podem ser uma boa solução, já que, como o próprio nome diz, elas fazem com que diferentes funções estejam presente em apenas um aparelho: impressora, scanner e copiador. Três produtos pelo preço de um. Apenas isso pode ser motivo para se comprar uma.

3860_Detalhes       3221_Ampliada

Sim, mas, é preciso ter cuidado. Não adianta levar em consideração apenas essas três funções e esquecer todos os outros números e necessidades que seu home office possui. O mais sensato é colocar tudo na ponta do lápis e ver se o volume de impressão é comportado por uma impressora multifuncional. Além disso, se até mesmo a necessidade de scanner é assim tão grande para o seu formato de trabalho. Hoje, há aplicativos que transformam um celular ou tablet em um scanner e, de repente, pode solucionar sua necessidade transformando a multifuncional em supérflua.

Não se esqueça de considerar a velocidade da sua impressora para o home office

Você já viu tudo, já analisou marca, preço, autonomia de impressão e os custos e então comprou sua impressora para seu home office. Mas, na hora da verdade, passou raiva com uma impressora que demora muito tempo para entregar uma simples folha impressa. Sim, isso acontece.

maefmrexobo

Antes de comprar a impressora, e imprescindível analisar quantas páginas ela entre por minuto. A nomenclatura para isso é até essa: ppm, páginas por minuto. Coloque este número também na análise e encontre o modelo de acordo com o que precisa. E não se esqueça que há diferenças significativas nas velocidades para impressão em preto e branco (pb) e colorida.

Contabilizar o custo dos insumos faz parte do processo

Quando se fala de empresa, não importa o tamanho, o custo tem que ser minimizado em nome do lucro. Na hora de comprar uma impressora, é preciso levar em conta quanto de insumos será utilizado por mês.

Nesses casos, os números a se analisar são os custos de aquisição dos cartuchos de tinta e também das folhas de papel. Os outros números, ainda sobre esses dois, é o de consumo: quanto de tinta foi usado e quantas folhas. Fazer uma divisão entre esses números já mostra um número “relativo” ao custo dos insumos, mas, para ser exato, é preciso acompanhar o uso bem de perto. A melhor solução é utilizar um software de contabilização de impressão.

csut

Lembre-se que, atualmente, há opções de recondicionamento de cartucho recarregando-os com tinta e reduzindo significativamente o custo mensal.

Diferenciais que uma impressora home office pode precisar

Além das características básicas que você encontra em praticamente todas as impressoras, há também as muitas funcionalidades que facilitam o dia a dia do trabalho e podem fazer da impressora algo mais prático. A cada nova “geração” de impressoras lançadas pelas empresas, algumas dessas novidades passa a fazer diferença. Entre algumas, estão:

3729_Ampliada

 

Impressora com tecnologia wireless: pode parecer apenas um detalhe, mas uma impressora wireless traz, logo de início, duas facilidades: a possibilidade de alocar a impressora em mais pontos do escritório; a facilidade em compartilhar a impressora em uma rede doméstica, sendo a configuração e até mesmo a instalação física, muito mais fácil, sem necessidade de muitos cabos.

 

 

2691_AmpliadaImpressoras sem cartucho de tinta: quem acompanha o mercado conhece a história acerca dos cartuchos de impressora. Durante muito tempo, eles foram o verdadeiro “ganha pão” das fabricantes, sendo comprados por preços exorbitantes. Como solução paralela, alguns modelos de impressora receberam sistemas de tinta que eram injetados diretamente na impressora, conhecidos como “bulk ink”. Essa novidade mexeu com o mercado, assim como a opção de recondicionamento de cartuchos. Hoje, as grandes empresas optaram por impressoras que não mais recarregam com tanta periodicidade, por causa da ausência dos cartuchos de tinta. Esses modelos utilizam um recipiente na qual o usuário só compra a tinta separada e ele mesmo recarrega a impressora. Atualmente, apenas a Epson e a HP possuem tal tecnologia.

VEJA TAMBÉM!

Como limpar uma impressora jato de tinta

Confira a impressora Epson WorkForce M205

Dicas para montar sua própria gráfica

Sistemas de impressão: Flexografia

Autor: Marcelo Silva

Conteúdo Relacionados

Comentários (0)

postar comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Produtos em destaque

Kit com 2 Toner Compatível HP CE285A 85A 285A CE285AB | P1102 P1102W M1132 M1210 M1212 M1130 | 1.8k

R$ 59.15 à vista

Impressora Brother HL-1212W HL1212 Laser Monocromática com Wireless

R$ 460.35 à vista

Assine nossa newsletter

Receba novidades e promoções do nosso blog em seu e-mail.

Categorias