11 de fevereiro de 2016

Quais as diferenças entre papel sulfite e offset?

atualizado em 18 de fevereiro de 2016 às 12:02

Arte Gráfica, Dicas, Impressora Sem comentários

Na hora de imprimir algum material muitas dúvidas surgem. Principalmente naquele momento quando alguém da gráfica faz a pergunta tão comum: em que papel deseja imprimir?

Papel Sulfite vs Papel Offset

Papel Sulfite vs Papel Offset

Aqui explicamos como funcionam as impressões Offset, mas vocês sabem as diferenças entre o papel Sulfite e o Offset? Como escolher? Quando se busca uma impressão mais econômica, o papel sulfite ou o offset sempre aparecem em primeiro lugar na nossa mente. Além disso, com muitos anos de existência, os dois tipos são disparados,  entre os mais conhecidos do grande público. Mas afinal, você sabe qual é a diferença entre o papel sulfite e o offset?

Na verdade assim à primeira vista, o papel sulfite é muito parecido com o offset. Aliás, há até quem acredite que são a mesma coisa. Mas não é bem assim. A diferença entre eles está basicamente no formato comercializado e no processo de fabricação.

O sulfite é aquele que compramos mais facilmente em qualquer papelaria. Vendido sempre em embalagens com 100, 250 ou 500 folhas, ele vem no tamanho A4 (21cm x 29,7) e é utilizado na maioria das impressoras e copiadoras, inclusive as que utilizamos em casa. Também é chamado de papel apergaminhado ou bond paper e pode ser encontrado em diferentes formatos, além do A4.

O processo de fabricação do sulfite é feito com o uso de celulose branqueada e minerais. Incluindo o sulfato, daí o nome. O sulfite possui acabamento bem liso e poroso, facilitando a escrita e absorção de tinta. É um tipo de papel muito usado em cadernos, livros e é produzido em branco e diversas outras cores. Outra característica que faz do sulfite um papel tão popular é seu baixo custo aliado à uma excelente aderência de tinta. Ou seja, é prático, bom e barato.

Já o offset, apresenta algumas diferenças sutis. Ele é produzido com polpa química branqueada e possui uma resistência bastante alta. Além disso, a colagem feita durante a produção do papel é feita a partir de amido. Daí vem sua resistência ao processo de impressão que também tem o mesmo nome, o offset, que utiliza água.

O papel offset é comercializado em grande escala, tanto em folhas quanto em bobinas. Os formatos mais comuns de revenda do offset são os: 76cm x 112cm x 66cm x 96cm e 87cm x 114cm.

Impressora Offset plana

Impressora Offset plana

O offset é considerado um papel macroporoso, ou seja, é ainda mais absorvente do que o sulfite. Podemos falar inclusive, que o offset funciona como uma verdadeira esponja, absorvendo toda a tinta. Por isso que este tipo de impressão sempre fica com o aspecto “lavado”, sem vida, principalmente quando tem muitas cores. Ao mesmo tempo, é um papel que apresenta baixo custo e boa durabilidade, dependendo do seu uso. É muito usado em livros, cadernos, selos e materiais promocionais sazonais.

Mas a supremacia do offset nas gráficas está com os dias contatos. Com o aumento da produção e inserção de novas tecnologias, outros papéis considerados um pouco mais nobres, tem se tornado mais populares. Afinal, o custo da produção destes materiais tem ficado menor.

Além disso, papéis menos porosos garantem cores mais vivas, fazendo com que sejam preferidos para muitas produções que pedem uma melhor apresentação, como cartões de visita, folders e flyers em geral.

Autor: Marcelo Silva

Conteúdo Relacionados

Comentários (0)

postar comentário
Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Produtos em destaque

Impressora Samsung M2020 com o menor preço!

R$ 483.6 à vista

Assine nossa newsletter

Receba novidades e promoções do nosso blog em seu e-mail.

Categorias